.mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. O Cão

. Calendários 2010

. Os dez mandamentos das cr...

. Multiplicar Com Os Dedos

. Pinóquio para verificar

. Máscaras

. O que é a dislexia?

. Grupo Nominal e Grupo Veb...

. Sílaba e divisão silábica

. Ditongos e Dígrafos

.Baú

. Setembro 2013

. Fevereiro 2010

. Junho 2009

. Maio 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.tags

. adivinhas

. ambiente

. anedotas

. animais

. aniversários

. anjinhos

. aprende

. cao

. carnaval

. conselhos úteis

. contos tradicionais

. culinária

. dia da mãe

. dias comemorativos

. direitos...

. estações do ano

. família

. familia

. faz tu

. gramática

. história de portugal

. histórias

. ideias

. imprime

. jogos

. jogos tradicionais

. lengalengas

. máscaras

. miminhos

. monumentos

. natal

. o que faz...

. para colorir

. parabéns

. páscoa

. passatempos

. pinta

. provérbios

. reciclagem

. sabia que...

. sabias que...

. santos populares

. saúde

. todas as tags

Obrigada por sua visita! Você já esteve aqui

Sexta-feira, 21 de Setembro de 2007

Gestos e Costumes

 

 

 

00646xt2

 

 

 

    Cada país e cada cultura tem gestos e

     costumes que lhe são próprios. Nos artigos que se seguem vais descobrir a interpretação de alguns desses gestos e costumes.



     

     

     

     
     
     
     
  • Na Índia e na Tailândia, por exemplo, não se aperta a mão; a saudação é feita juntando as mãos à altura do peito e fazendo uma leve vénia.

     
  • Atenção: se um maori, da Nova Zelândia, cumprimentar uma pessoa vai pressionar o nariz dela com força contra o seu...

     
  • Se for um esquimó (ou inuit), a saudação passa por esfregar os narizes.

     
  • Nos países islâmicos, a saudação é feita levando a mão direita ao coração, depois à testa e depois acima da cabeça. Acompanha-se este gesto dizendo «salaam aleikum» (a paz esteja contigo), ao que o outro responde: «aleikum salaam».
    (Repara na expressão «salaam aleikum», já ouviste falar em «salamaleques»?)


     
  • Já os japoneses e os chineses cumprimentam-se fazendo uma vénia, tão maior quanto seja o respeito devido ao outro.

 

Beijos e afectos
 
  • Na Indonésia e na Tailândia não se devem mostrar gestos de afecto em público.

     
  • Na Rússia, os homens beijam-se na boca para se cumprimentarem.

     
  • E em Itália, se a relação for próxima, de família ou amizade, os homens cumprimentam-se beijando-se, mas nas bochechas...

     
  • Em França, se as pessoas se cumprimentarem beijando-se, dão quatro beijos, ou apenas três ou
    dois. Um só é que não.

     
  • Também na Holanda há muitos beijos: quando se comprimentam as pessoas também dão três beijos nas bochechas. Quando não se conhecem dão um aperto de mão.

     
  • Já na Alemanha e na Áustria, nada de beijinhos ao cumprimentar alguém! Só um aperto de mão... E chega.
  •  

     

    Roupas e cores
     
  • Na Índia não se devem vestir roupas demasiado justas ou decotes grandes.

     
  • No Brasil, as senhoras podem mostrar as nádegas, mas não os peitos. E se o fio dental é muito comum, já o «topless» é mal visto, é como se andasse nua...

     
  • Em França e na Alemanha, só para referir dois casos, falar com as mãos nos bolsos é sinal de má educação.

     
  • Na Alemanha não se deve tirar o casaco, mesmo se fizer calor, e arregaçar as mangas da camisa. É considerado desleixo e deixa andar.

     
  • Se se viajar para um país muçulmano é melhor não vestir de encarnado durante o Ramadão.

     
  • No Egipto, a roupa lilás significa luto.
    Já no Japão e na China é andar de branco.
    Nos países ocidentais é o preto.
  •  

    Gestos
     
    Quando um francês faz um gesto em que une o polegar ao indicador e forma um círculo, isso signfica que aquilo de que se fala não vale nada, é igual a zero (o tal círculo).
    Se for um americano, quer dizer que está OK.
    Se for no Japão significa dinheiro, mas... na Tunísia é uma ameaça de morte.
    Na Alemanha esse gesto significa que se considera a pessoa com quem se está a falar um valente parvo...
    No Brasil significa algo semelhante ao gesto de pedir boleia na Austália (vê mais abaixo).

  • Dizer que sim ou que não com a cabeça, em que para nós o «sim» é movimentar de cima para baixo, e o «não» de um lado para o outro, são totalmente ao contrário em países como a Grécia, a Bulgária ou a Tailândia... É melhor ter isto em atenção.

     
  • Quem andar a pedir boleia na Grécia ou na Sardenha e fizer o sinal em que se tem a mão fechada com o polegar para cima deve ter cuidado: aí são convites sexuais!

     
  • Na Austrália, fazer o V da vitória com o dedo indicador e o médio levantados ou fazer o sinal de pedir boleia (o tal do polegar para cima), é um convite para o interlocutor ir levar... Bem, é mal educado mesmo.

     
  • Na Grécia, nada de mostrar a palma da mão aberta, como que a mandar parar: é uma grande ofensa!
  •  

     

     

    À mesa

     

     

  • Na China é uma grande ofensa recusar comida.

     
  • Na Rússia e nos países árabes, dar valentes arrotos no fim e durante a refeição significam que está tudo muito bom e que se está satisfeito!

     
  • Em Inglaterra, não é nada, mas nada educado molhar o pãozinho no molho que está ou fica no prato. (É feio, é, mas não sabem o que perdem!)

  • Esta informação é importante: Nos países árabes, na Índia, Paquistão e países do sudoeste asiático só se usa a mão direita para comer... Porque a esquerda é impura: está reservada à higiene íntima.

  • Comer a sopa fazendo ruído, na China, é a melhor maneira de mostrar satisfação ao anfitrião.

  • No Japão, deve-se beber o caldo directamente da tigela, sem usar a colher.
    Já ao comer massas do tipo esparguete, a ideia é enfiar uma porção na boca e chupar o que vier atrás. (Pois é mesmo aquilo que por cá, no Ocidente, dizemos às crianças que não é para fazer...)

  • Nunca se recusa uma bebida na Rússia ou na Irlanda.

     
  • Os muçulmanos e os judeus não comem carne de porco, para eles é um animal impuro. Já os chineses (diz-se) comem tudo o que mexe...

     
  • Nos EUA é normal comer só com o garfo, usando a faca apenas para cortar o que for preciso e pousando-a depois na borda do prato. E deve deixar-se comida no prato para se dar a entender que se está satisfeito.
    Por cá deve-se comer tudo o que está no prato, e usar sempre a faca e o garfo...

  • Na China, se se faz uma saúde, nunca se começa a beber sem ter olhado para todas as pessoas presentes.
    Se for na Alemanha, um brinde só pode ser feito por inciativa de um homem, nunca de uma mulher.

     

     

     

     

  • Nas maioria dos países árabes, nunca se deve oferecer, sob nenhum pretexto, uma prenda a uma mulher casada ou comprometida. O noivo ou marido iam ficar piores que bichos!

     
  • Nos países orientais deve entregar-se sempre um presente a alguém segurando-o com as duas mãos. Se o receptor recusar, deve insistir-se até três vezes.
    Para além disso, é costume abrir-se o presente depois, sem ser na presença de quem o dá: assim demonstram que a pessoa que dá é mais importante que a prenda.

  • No Japão e na China, o número de azar é o 4, por isso é de evitar dar coisas em número de 4 (4 flores, 4 peças, etc.). O número que traz mais sorte é o 8 (e a seguir vêm os números com formas redondas: 0, 9, 6, 3)
    Por cá, o azar vem com o 13.

     
  • E nesses países, por o branco ser a cor do luto, não se embrulha nada com essa cor - prefere-se o vermelho e o amarelo / dourado.

     
  • Nos países orientais, dar um relógio traz azar. Por cá, não se devem oferecer lenços ou objectos cortantes (facas, tesouras, etc.).

     
  • Em Hong Kong nunca se deve dar uma prenda com apenas um objecto. Devem dar-se as coisas em número par.

     
  • Nunca dar um chapéu ou algo para cobrir a cabeça de cor verde a um chinês: é o mesmo que chamá-lo «cornudo».

     
  • A um hindu não se oferece nada em couro: é que as vacas, para eles, são um animal sagrado.

     

     

     

     

    • No Japão não se deve espirrar em público.
      Também não se deve rir de alguém a quem foi pregada uma partida, especialmente se for uma senhora.
      E falar alto é ser muuuito mal educado (agora imaginem GRITAR...)

    • Na Coreia do Sul é má educação assoarmo-nos em público, mesmo na rua.

       
    • Nos EUA é muuuito importante ser pontual. Com efeito, num restaurante espera-se que a pessoa chegue um quarto de hora antes...

       
    • Assim como não se deve confundir um português com um espanhol, nada de confundir um iraniano com um árabe ou um lituano com um russo.
      E no Canadá, nada de comparar esse país com os EUA...

    • A um americano não se pergunta quanto ganha, quanto pesa ou quanto mede.

       
    • A um japonês não se fazem elogios, pois isso para ele é hipocrisia.

       
    • Nos países islâmicos, um homem não se senta ao lado de alguém do sexo oposto num transporte público, e... em geral. É cada um para seu lado.
      Além disso, um homem não deve olhar deliberadamente para uma mulher (e o contrário também é verdade).


       
    • Na Coreia do Sul e no Japão ninguém espera que se dêem gorjetas.

       
    • Nos países árabes, em muitos países africanos e sul-americanos e em alguns países asiáticos, regatear é um desporto nacional: pede-se 100, oferece-se 10 e vende-se por 20...

       
    • Em Itália, nas lojas e nos mercados, nada de apalpar a fruta!


      Claro que muitos mais gestos há pelo mundo com significados diferentes de cultura para cultura, e temos de contar com milhares de tradições e hábitos diferentes.
      Na dúvida, o importante é informar-se do que se deve ou não fazer. Depois, basta ser educado, respeitar os usos dos outros como gostávamos que nos respeitassem, sem fazer troça, e compreendendo que somos todos diferentes.

    in, http://www.junior.te.pt/servlets/Bairro?P=Sabias&ID=1629



    0003c3hd

     

     

  •  
  • Cris às 00:01
    | comentar | favorito
    10 comentários:
    De cindamoledo a 21 de Setembro de 2007 às 15:29
    Uma ou outra já sabia, mas...aprendi algumas. Gostei beijinhos cinda
    De la a 16 de Maio de 2008 às 14:46
    eu queria como o paisocidental se comprimentam
    De Edwarda a 10 de Fevereiro de 2009 às 13:44
    amei,bem interessante
    De Rafael Rodrigues a 23 de Março de 2010 às 20:51
    Muito obrigado!!! Tive um trabalho de Geografia e este site ajudou bastante

    MUITO OBRIGADO!!! :P

    De weverson a 15 de Abril de 2010 às 21:48
    vcs tem k falar + sobre a índia
    De Sarah Dirce a 4 de Maio de 2010 às 22:18
    AAALELUIA Q
    fiquei duas horas procurando alguma coisa da Coreia pro trabaalho de Ciências Sociais, e achei esse blog maravilhoso xDD
    perfeito blog <3
    bjsbjs :*
    De mcjchjnmbjcvjcjvj a 29 de Março de 2011 às 00:48
    obrigado pela ajuda
    De Anónimo a 5 de Junho de 2012 às 22:03
    obrigado pela ajuda
    De Anónimo a 20 de Março de 2013 às 13:43
    Pavorouuu kkk
    De gisele a 3 de Abril de 2013 às 01:06
    Parabeins amei o brog tenho 11 anos e ele ajudou muito na minha lição

    Comentar post

    .links