.mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. O Cão

. Calendários 2010

. Os dez mandamentos das cr...

. Multiplicar Com Os Dedos

. Pinóquio para verificar

. Máscaras

. O que é a dislexia?

. Grupo Nominal e Grupo Veb...

. Sílaba e divisão silábica

. Ditongos e Dígrafos

.Baú

. Setembro 2013

. Fevereiro 2010

. Junho 2009

. Maio 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.tags

. adivinhas

. ambiente

. anedotas

. animais

. aniversários

. anjinhos

. aprende

. cao

. carnaval

. conselhos úteis

. contos tradicionais

. culinária

. dia da mãe

. dias comemorativos

. direitos...

. estações do ano

. família

. familia

. faz tu

. gramática

. história de portugal

. histórias

. ideias

. imprime

. jogos

. jogos tradicionais

. lengalengas

. máscaras

. miminhos

. monumentos

. natal

. o que faz...

. para colorir

. parabéns

. páscoa

. passatempos

. pinta

. provérbios

. reciclagem

. sabia que...

. sabias que...

. santos populares

. saúde

. todas as tags

Obrigada por sua visita! Você já esteve aqui

Quinta-feira, 4 de Outubro de 2007

Dia Mundial do Animal

                                                       

Hoje a minha sobrinha Kida faz 2 anitos.

         

                                 

Parabéns Bia!!!

 

 

 

 

Hoje é o dia Mundial do Animal

 

 

Se tens algum animal em tua casa, não te esqueças que o tens de tratar muito bem, afinal ele é um membro da tua família!!!

Eu tenho um gato, o Fred , e uma gata, a Petra , e também tenho muitos peixinhos.

O meu filho Tomás é que delira com todos estes animais, mas tem um carinho especial pelo Fred  , até lhe chama "o meu bebé" .

Imagine-se lá porquê... realmente o pachorrento do Fred , nas mãos do Tomás... parece mesmo um bebé .. é o companheiro dele, o protector do Tomás. Para onde o Tomás vai... lá está o Fred ao pé.

Acho que esta ligação do Fred com o Tomás começou assim que o Tomás foi gerado.

O Fred era muito pequenino e estava à pouco tempo na nossa casa, e como era muito pequenito, gostava de se aninhar em cima de mim, da minha barriga, quando eu estava deitada no sofá.

Quando fiquei grávida o Fred também acompanhou a gravidez, e logo no início deu conta que algo de diferente se estava  a passar.

Quando vinha para cima de mim parecia ter todo o cuidado, até parecia que vinha em "biquinhos dos pés".

À medida que o tempo foi passando, o Fred também começou a sentir o Tomás a dar-lhe pontapés... era uma graça quando isso acontecia... no início o Fred ficava assustado, mas depois quando sentia algum movimento na minha barriguinha até se ajeitava de maneira a ficar bem por cima, para sentir melhor. Parecia que gostava  das festinhas que o Tomás lhe estava a fazer. 

E com o passar dos meses também se apercebeu que já não devia de estar em cima de mim, pois fazia-me peso, e aí nem foi preciso dizer-lhe nada, ele próprio começou a deixar de se pôr em cima da barriguita para não fazer peso ao Tomás, mas estava sempre encostado a mim.

Por tudo isto a ligação que os une é única.

É um encanto vê-los !!!

 

Declaração Universal dos Direitos

dos Animais

 

Proclamada pela Unesco em sessão realizada
em Bruxelas em 27 de Janeiro de 1978


    Preâmbulo
    Considerando que todo o animal possui direitos;
    Considerando que o desconhecimento e o desprezo destes direitos têm levado e continuam a levar o homem a cometer crimes contra os animais e a natureza;
    Considerando que o reconhecimento pela espécie humana do direito à existência das outras espécies animais constitui o fundamento da coexistência das outras espécies no mundo;
    Considerando que os genocídios são perpetrados pelo homem e há o perigo de continuar a perpetrar outros;
    Considerando que o respeito dos homens pelos animais está ligado ao respeito dos homens pelo seu semelhante;
    Considerando que a educação deve ensinar desde a infância a observar, a compreender, a respeitar e a amar os animais;


    Proclama-se o seguinte:

  • Artigo 1º
    Todos os animais nascem iguais perante a vida e têm os mesmos direitos à existência.

  • Artigo 2º
    1 - Todo o animal tem o direito a ser respeitado.
    2 - O homem, como espécie animal, não pode exterminar os outros animais ou explorá-los violando esse direito; tem o dever de pôr os seus conhecimentos ao serviço dos animais.
    3 - Todo o animal tem direito à atenção, aos cuidados e à protecção do homem.

  • Artigo 3º
    1 - Nenhum animal será submetido nem a maus tratos nem a actos cruéis.
    2 - Se for necessário matar um animal, ele deve ser morto instantaneamente, sem dor e de modo a não lhe provocar angústia.

  • Artigo 4º
    Todo o animal pertencente a uma espécie selvagem tem o direito de viver livre no seu próprio ambiente natural, terrestre, aéreo ou aquático e tem o direito de se reproduzir.
    1 - Toda a privação de liberdade, mesmo que tenha fins educativos, é contrária a este direito.

  • Artigo 5º
    Todo o animal pertencente a uma espécie que viva tradicionalmente no meio ambiente do homem tem o direito de viver e crescer ao ritmo e nas condições de vida e de liberdade que são próprias da sua espécie.
    1 - Toda a modificação deste ritmo ou destas condições que forem impostas pelo homem com fins mercantis é contrária a este direito.
  • Artigo 6º
    Todo o animal que o homem escolheu para seu companheiro tem direito a uma duração de vida conforme a sua longevidade natural.
    1 - O abandono de um animal é um acto cruel e degradante.

  • Artigo 7º
    Todo o animal de trabalho tem direito a uma limitação razoável de duração e de intensidade de trabalho, a uma alimentação reparadora e ao repouso.

  • Artigo 8º
    A experimentação animal que implique sofrimento físico ou psicológico é incompatível com os direitos do animal, quer se trate de uma experiência médica, científica, comercial ou qualquer que seja a forma de experimentação.
    1 - As técnicas de substituição devem de ser utilizadas e desenvolvidas.

  • Artigo 9º
    Quando o animal é criado para alimentação, ele deve ser alimentado, alojado, transportado e morto sem que disso resulte para ele nem ansiedade nem dor.

  • Artigo 10º
    Nenhum animal deve de ser explorado para divertimento do homem.
    1 - As exibições de animais e os espectáculos que utilizem animais são incompatíveis com a dignidade do animal.

  • Artigo 11º
    Todo o acto que implique a morte de um animal sem necessidade é um biocídio, isto é, um crime contra a vida.

  • Artigo 12º
    Todo o acto que implique a morte de um grande número de animais selvagens é um genocídio, isto é, um crime contra a espécie.
    1 - A poluição e a destruição do ambiente natural conduzem ao genocídio.

  • Artigo 13º
    O animal morto deve ser tratado com respeito.
    1 - As cenas de violência de que os animais são vítimas devem de ser interditas no cinema e na televisão, salvo se elas tiverem por fim demonstrar um atentado aos direitos do animal.

  • Artigo 14º
    Os organismos de protecção e de salvaguarda dos animais devem estar representados a nível governamental.
    1 - Os direitos do animal devem ser defendidos pela lei como os direitos do homem.

 


Cris às 00:01
| comentar | favorito
1 comentário:
De Manuela a 4 de Outubro de 2007 às 10:16
Bom fim de semana.
Beijinhos
Manuela

Comentar post

.links