.mais sobre mim

.pesquisar

 


. Quem Aprova Este Blog


Aprovado pelo VICKYS.com.br



.posts recentes

. Grupo Nominal e Grupo Veb...

. Sílaba e divisão silábica

. Ditongos e Dígrafos

. Sinais de pontuação e ace...

. Ideia Principal

. Comunicação e Linguagem

. Sinais de Pontuação

. Verbos

. Determinantes e Pronomes

. Artigos

.Baú

. Setembro 2013

. Fevereiro 2010

. Junho 2009

. Maio 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.tags

. adivinhas

. ambiente

. anedotas

. animais

. aniversários

. anjinhos

. aprende

. cao

. carnaval

. conselhos úteis

. contos tradicionais

. culinária

. dia da mãe

. dias comemorativos

. direitos...

. estações do ano

. família

. familia

. faz tu

. gramática

. história de portugal

. histórias

. ideias

. imprime

. jogos

. jogos tradicionais

. lengalengas

. máscaras

. miminhos

. monumentos

. natal

. o que faz...

. para colorir

. parabéns

. páscoa

. passatempos

. pinta

. provérbios

. reciclagem

. sabia que...

. sabias que...

. santos populares

. saúde

. todas as tags

. Que horas são?

Link-me!



Link-Me



Link-Me



.Mural

.Tudo para os Animais

Loja para mascotes






Olá. Seja bem vindo!


Obrigada por sua visita! Você já esteve aqui

Domingo, 25 de Janeiro de 2009

Grupo Nominal e Grupo Vebal

 

 

 

 

 

Quase toda a frase é constutuída por dois grupos fundamentais:

 

Grupo Nominal - GN

Grupo Verbal - GV

 

* O nome é a palavra principal do grupo nominal.

 

* O verbo é a palavra principal do grupo verbal.

 

O GN e o GV da frase tê, entre si, uma relação de concordância: se o GN é singular o GV também é singular; se o GN é plural o GV também é plural.

 

Normalmente, o GN escreve-se antes do GV.

 

in, http://www.sitiodosmiudos.pt/gramatica/default2.asp?url_area=A7

 

 

O sujeito e o predicado

 

Na frase, o grupo nominal (GN) indica quem pratica a acção e tem a função de sujeito.

 

Para encontrares o sujeito de uma oração, faz a pergunta:

Quem é que?... ou Que é que?...

 

 O grupo verbal (GV) indica as acções praticadas pelo sujeito e tem a função de predicado.

 

 

Para encontrares o predicado da oração, pergunta:

Que faz? ou Como está?
 

Em algumas frases há um grupo de palavras que se pode escrever no início, no meio ou no fim das frases, sem lhes alterar o sentido. É o grupo móvel (GM). 

 

 

in, http://www.sitiodosmiudos.pt/gramatica/default2.asp?url_area=A

 

 

005x1772

 

Terça-feira, 20 de Janeiro de 2009

Sílaba e divisão silábica

 

 

 

005xax88

 

 

 

As palavras são formadas por sons ou fonemas que, por sua vez, formam sílabas.

 

Chamamos sílaba a um conjunto de letras que se pronuncia de uma só vez.

Uma palavra pode ter uma, duas ou mais sílabas.

 

 

Quanto ao número de sílabas, as palavras

classificam-se em:

 

monossílabos - quando têm só uma sílaba, como em pai;

 

dissílabos - quando têm duas sílabas, como em casa;

 

trissílabos - quando têm três sílabas, como em escola;

 

polissílabos - quando têm mais de três sílabas, como em automóvel.

 

 

Em todas as palavras há uma sílaba que se pronuncia com mais força - é a sílaba tónica.

 

As restantes sílabas chamam-se sílabas átonas.

 

A sílaba tónica de uma palavra pode ser a última, a penúltima ou a antepenúltima.

 

 

Conforme a posição da sílaba tónica, as palavras classificam-se em:

 

agudas - quando a sílaba tónica é a última, como em boné;

 

graves - quando a sílaba tónica é a penúltima, como em foca;

 

esdrúxulas - quando a sílaba tónica é a antepenúltima, como em pêssego.

 

in, http://www.sitiodosmiudos.pt/gramatica/default2.asp?url_area=A6

 

 

 

 

 

 

 

 

Quinta-feira, 15 de Janeiro de 2009

Ditongos e Dígrafos

 

 

 

 

 

 

Chama-se ditongo à combinação de duas vogais que se pronunciam ao mesmo tempo, formando uma só sílaba, e que podem ser orais ou nasais.

 

São orais os ditongos que se pronunciam apenas através da boca.

 

São nasais os ditongos em que, ao pronunciarem-se, o som sai pela boca e pelo nariz, simultaneamente.

 

Também há conjuntos de duas consoantes ou consoante e vogal que se lêem de uma só vez para formarem um novo som - são os dígrafos.

 

Os ditongos são sons vocálicos por serem formados por vogais.

 

Os dígrafos são sons consonânticos.

 

in, http://www.sitiodosmiudos.pt/gramatica/default2.asp?url_area=A5

 

Obrigada pela visita!!! 

 

 

 

Sábado, 10 de Janeiro de 2009

Sinais de pontuação e acentuação

 

 

 

 

Sinais de Pontuação

 

Para facilitar a leitura e ajudar à compreensão

dos textos, na linguagem escrita usam-se

sinais de pontuação:


  ponto final - usa-se no final da frase e obriga o leitor a uma paragem;


  vírgula - separa os elementos da frase;
marca uma pequena pausa;


  dois pontos - usam-se antes de uma citação
ou de uma enumeração;

 
  ponto e vírgula - usa-se para separar orações   

coordenadas; obriga a uma pausa mas não termina a frase; 

             
  ponto de exclamação - utiliza-se quando se deseja exprimir surpresa, receio, admiração, etc.;

 

  ponto de interrogação - usa-se para fazer uma pergunta;


  reticências - indicam que a frase está incompleta; assinalam uma hesitação ou uma pausa ;

 
  travessão - utiliza-se nos diálogos para indicar  a fala das 
  personagens ;

 

  aspas - introduzem palavras ou citações de outros textos;


  parêntesis - assinalam informações diversas.

 

 

Sinais de Acentuação

 

 

Na linguagem escrita utilizamos três sinais de

acentuação (acentos):

 

 agudo - como em há


 grave - como em à


 circunflexo - como em experiência

 

 

Existem ainda os seguintes sinais auxiliares da escrita:

 

 til - como em mãe


 cedilha - como em peça

 

in, http://www.sitiodosmiudos.pt/gramatica/default2.asp?url_area=A3 

in, http://www.sitiodosmiudos.pt/gramatica/default2.asp?url_area=A4

  

 

Obrigada pela Visita!!!

 

Terça-feira, 6 de Janeiro de 2009

Ideia Principal

 

Bem vindo ao meu blog!!!

 

 

Uma frase pode transmitir-nos uma, duas ou

mais informações.

 

Dessas informações, uma delas é sempre mais

importante que as restantes.

Essa informação (ou oração) é a ideia principal

da frase.

 

As outras ideias da mesma frase chamam-se

acessórias e podem ser coordenadas ou subordinadas.

 

 

 

São coordenadas se estão ligadas à ideia (ou oração) principal, mas o seu sentido não depende dela.

Habitualmente, a oração coordenada liga-se à oração principal através das palavras:

 

*e

* mas

* portanto...

 

 São subordinadas quando o seu sentido depende

do da oração principal.

A oração subordinada aparece ligada à oração

principal por palavras:

  

* que

* porque

* quando...

 

in, http://www.sitiodosmiudos.pt/gramatica/default2.asp?url_area=A2

 

005wct8p

 

 

 

 

 

 

Quinta-feira, 1 de Janeiro de 2009

Comunicação e Linguagem

 

 

Olá. Seja bem vindo!!!

 

 

 

 

Falar, ouvir, ler e escrever são formas de comunicar.

 

Também se comunica com gestos, sons e sinais.

 

O meio mais usado para comunicar é a palavra.

 

 

  

 Na comunicação existe:

 

 

 

*Uma mensagem (aquilo que se pretende comunicar)

 

 * Um emissor (quem envia a mensagem)

 

 

um receptor (quem recebe a mensagem).

 

 

 

A Linguagem pode ser:

 

* Verbal (usam-se palavras)

 

* Não Verbal (comunica-se com gestos, sons,

sinais, luzes)

 

* Mista (usam-se várias formas de comunicação).

 

in, http://www.sitiodosmiudos.pt/gramatica/default2.asp?url_area=A1

 

 

 

 

Até    à próximaaa...

 
 

 

 

 

 

Cris às 16:09
| comentar | favorito
Quarta-feira, 7 de Maio de 2008

Sinais de Pontuação

Sejam bem vindos!!!

Sinais de pontuação

Para facilitar a leitura e ajudar à compreensão dos textos, na linguagem escrita usam-se sinais de pontuação:
  ponto final - usa-se no final da frase e obriga o leitor a uma paragem;
  vírgula - separa os elementos da frase; marca uma pequena pausa;
  dois pontos - usam-se antes de uma citação ou de uma enumeração;
  ponto e vírgula - usa-se para separar orações coordenadas; obriga a uma pausa mas não termina a frase;
  ponto de exclamação - utiliza-se quando se deseja exprimir surpresa, receio, admiração, etc.;
  ponto de interrogação - usa-se para fazer uma pergunta;
  reticências - indicam que a frase está incompleta; assinalam uma hesitação ou uma pausa;
  travessão - utiliza-se nos diálogos para indicar a fala das personagens;
  aspas - introduzem palavras ou citações de outros textos;
  parêntesis - assinalam informações diversas.

Volte Sempre

Domingo, 13 de Abril de 2008

Verbos

005wpg7a

Verbos são palavras que indicam acções, qualidades

ou estados.

 

Os verbos são as palavras mais variáveis da

 Língua Portuguesa.

 

O verbo é a palavra principal do grupo verbal e

 concorda sempre com o grupo nominal: se o

 grupo nominal é singular, o grupo verbal também

 é singular; se o grupo nominal é plural, o grupo

verbal também é plural.

Quanto à sua função, um verbo pode ser principal

(quando transmite o sentido da frase) ou auxiliar

 (quando é utilizado na formação dos tempos

compostos e da voz passiva).

Os verbos têm formas diferentes conforme a

 pessoa e o número (singular e plural).

Também variam em modo e tempo.

 Às variações das formas verbais chamamos flexões.

Ao conjunto ordenado das flexões dos verbos

em todos os seus modos, tempos, pessoas e

 números chamamos conjugação verbal.

Tempos e modos verbais

 

Os tempos verbais indicam o momento da realização da acção:


 

  passado - indica que os factos já aconteceram;
   presente - indica que os factos acontecem agora;
   futuro - indica que os factos ainda irão acontecer.

Os modos verbais são os seguintes:

  

 indicativo - indica que a acção é uma realidade

ou uma certeza;
   conjuntivo - exprime a acção como uma possibilidade

ou uma dúvida;
   condicional - indica que a acção depende de

uma condição;
   imperativo - apresenta a acção como uma ordem

 ou um pedido;
   infinitivo - exprime a acção de forma indeterminada.


Conjugações

Ao conjunto ordenado das flexões dos verbos em

todos os seus modos, tempos, pessoas e

números chamamos conjugação verbal.

Os verbos portugueses agrupam-se em três conjugações:

   

1ª conjugação - verbos cujos infinitivos terminam em ar;
   2ª conjugação - verbos cujos infinitivos terminam em er;
   3ª conjugação - verbos cujos infinitivos terminam em ir.

Os verbos terminados em or (como pôr e compor)

são considerados da 2ª conjugação.

 

 

 

006d41hk

Volte sempre!!!

 

 

Quinta-feira, 3 de Abril de 2008

Determinantes e Pronomes

 

 

0064z9w5 

 

 

 

Chamamos determinantes às palavras que se

escrevem antes dos nomes e que determinam

 o seu género, número, posse e posição.

 

Os pronomes são palavras que utilizamos

em vez dos nomes.

 

 Os pronomes podem ser:

pessoais - representam as três pessoas gramaticais ;

 

 

  1.ª pessoa 2.ª pessoa 3.ª pessoa
singular eu
me, mim
comigo
tu
te, ti
contigo
ele, ela
se, si
consigo
o, a
lhe
plural nós
nos
connosco
vós
vos
convosco
eles, elas
se, si
consigo
os, as
lhes


possessivos - indicam a qual das pessoas gramaticais

pertencem os objectos ;

 

  singular plural
masculino feminino masculino feminino
um possuidor meu
teu
seu
minha
tua
sua
meus
teus
seus
minhas
tuas
suas
vários possuidores nosso
vosso
seu
nossa
vossa
sua
nossos
vossos
seus
nossas
vossas
suas


demonstrativos - indicam os seres, determinando o lugar que ocupam ou as características que os distinguem ;

 

  singular plural
masculino feminino masculino feminino
variáveis este
esse
aquele
o mesmo
o outro
o tal
esta
essa
aquela
a mesma
a outra
a tal
estes
esses
aqueles
os mesmo
os outros
os tais
estas
essas
aquelas
as mesmas
as outras
as tais
invariáveis
isto, isso, aquilo


relativos - referem-se a uma palavra ou sentido mencionado

antes e servem para ligar duas afirmações ;

 

  singular plural
masculino feminino masculino feminino
variáveis cujo
quanto
qual
cuja
quanta
qual
cujos
quantos
quais
cujas
quantas
quais
invariáveis
que, quem


interrogativos - servem para perguntar, directa ou

indirectamente ;

 

  singular plural
masculino feminino masculino feminino
variáveis quanto?
qual?
quanta?
qual?
quantos?
quais?
quantas?
quais
invariáveis
que?, quem?


indefinidos - indicam os seres de um modo vago e

indeterminado .

 

  singular plural
masculino feminino masculino feminino
variáveis algum
nenhum
outro
todo
um
certo
muito
pouco
qualquer
alguma
nenhuma
outra
toda
uma
certa
muita
pouca
qualquer
alguns
nenhuns
outros
todos
uns
certos
muitos
poucos
quaisquer
algumas
nenhumas
outras
todas
umas
certas
muitas
poucas
quaisquer
invariáveis
algo, alguém, ninguém, nada, tudo, outrem
 

 

 

000q8952

 

 

 

 

 

 

Quarta-feira, 12 de Março de 2008

Artigos

0004fe9p

OLÀ!!!

 

Gostaria que a Talita Monteiro me enviasse

 um mail para

blogdacris@sapo.pt

com o seu mail, para eu lhe poder

enviar os calendários 2008

 

 

 

 


Artigos definidos e indefinidos

Os artigos escrevem-se antes dos nomes,

com os quais concordam sempre

em género e número.

Em Português há duas espécies de artigos:

definidos - determinam um ser (pessoa, animal

ou coisa) entre diversos da mesma espécie;


indefinidos - indicam que nos referimos a um ser indeterminado entre outros da mesma espécie.

 

 

 

0004g970

Voltem sempre!!!

 

 

 

 

Cris às 00:01
| comentar | favorito

.Para Você

Anjinhos
Animais
Bublle
Cutes
Meninas
Meninas2
Meninos
Natal
Bonecas
Bonecas Palito
Selos
Barrinhas
Mini barrinhas
Hello Kitty
Fadas
Flores
Dolls
Dolls2


.Blogs Que Visito



Mariposa




*andando-e-pensando
*olha_por_mim
*Já Cheguei






.links

.Créditos



Clique aqui e tenha acesso  ao Site Tony Gifs & Javas

Coisinhas e Tal

O melhor site de GIFs!

VICKYS.com.br

*LadyLony*

Tony Gifs & Javas




Cantinho dos Miudos



. Prémios que Ganhei



*1º Prémio