.mais sobre mim

.pesquisar

 


. Quem Aprova Este Blog


Aprovado pelo VICKYS.com.br



.posts recentes

. O Cão

. Calendários 2010

. Os dez mandamentos das cr...

. Multiplicar Com Os Dedos

. Pinóquio para verificar

. Máscaras

. O que é a dislexia?

. Grupo Nominal e Grupo Veb...

. Sílaba e divisão silábica

. Ditongos e Dígrafos

.Baú

. Setembro 2013

. Fevereiro 2010

. Junho 2009

. Maio 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.tags

. adivinhas

. ambiente

. anedotas

. animais

. aniversários

. anjinhos

. aprende

. cao

. carnaval

. conselhos úteis

. contos tradicionais

. culinária

. dia da mãe

. dias comemorativos

. direitos...

. estações do ano

. família

. familia

. faz tu

. gramática

. história de portugal

. histórias

. ideias

. imprime

. jogos

. jogos tradicionais

. lengalengas

. máscaras

. miminhos

. monumentos

. natal

. o que faz...

. para colorir

. parabéns

. páscoa

. passatempos

. pinta

. provérbios

. reciclagem

. sabia que...

. sabias que...

. santos populares

. saúde

. todas as tags

. Que horas são?

Link-me!



Link-Me



Link-Me



.Mural

.Tudo para os Animais

Loja para mascotes






Olá. Seja bem vindo!


Obrigada por sua visita! Você já esteve aqui

Quinta-feira, 21 de Junho de 2007

Vitaminas

 

 

 

 

 

Vitaminas - O que são
 
  • As vitaminas são elementos essenciais para o nosso corpo e para uma vida saudável.

  • Obtêm-se através dos alimentos, pois o nosso corpo não as "fabrica" sozinho. São muito importantes para o funcionamento do nosso organismo e para nos protegermos de muitas doenças.

  • Quando temos falta de uma dada vitamina (ou de várias), o nosso organismo funciona mal e surgem doenças. Essas doenças chamam-se avitaminoses.
    Algumas delas são tão importantes que têm nomes especiais, como o escorbuto ou o beribéri, por exemplo.

  • A falta de uma ou mais vitaminas pode acontecer quando a nossa alimentação não é suficientemente variada, quando há problemas no nosso organismo que alteram a absorção das vitaminas ou quando, por razões várias, o nosso corpo está a consumir mais vitaminas.

  • Para resolver esse problema, pode rever-se a alimentação, e ingerir mais alimentos que têm as vitaminas que nos fazem falta, ou então podem tomar-se suplementos vitamínicos.

  • É mais raro, mas também pode acontecer o contrário: excesso de vitaminas. A hipervitaminose pode acontecer quando ingerimos um certo tipo de alimentos a mais ou se tomamos vitaminas a mais.

 

Vitaminas - Grupos de vitaminas
 
  • As vitaminas dividem-se em dois grupos:

    - Vitaminas Hidrossolúveis (solúveis em água)
      - Complexo B (Vitamina B1, Vitamina B2, Ácido pantoténico, Vitamina B6, Ácido fólico, Vitamina B12)
      -
      Vitamina C

    - Vitaminas Lipossolúveis (solúveis em gordura)


  • O nosso corpo consegue armazenar algumas reservas de vitaminas, mas armazena mais as vitaminas lipossolúveis do que as hidrossolúveis.

  • Se forem ingeridas em excesso, algumas vitaminas lipossolúveis podem alcançar níveis tóxicos no nosso organismo.

 

Vitaminas - Vitamina A
 
  • Outros nomes: retinol

  • Tipo: lipossolúvel

  • História:
    Os antigos egípcios já sabiam que a cegueira nocturna se combatia dando fígado aos doentes - ou pondo compressas de fígado frito ou cozido sobre os olhos.
    Há dois mil anos, o famoso médico grego Hipócrates já recomendava comer fígado para tratar a cegueira nocturna.
    Em 1913, num estudo experimental, foi descrito que animais com xeroftalmia (secura dos olhos) a curavam comendo gema de ovo, leite, manteiga e óleo de fígado de bacalhau.
    Na guerra mundial de 1914 a 1918, a xeroftalmia era causada pela falta de manteiga na alimentação.

  • Curiosidade:
    A dose diária recomendada de vitamina A é de 800 µg. Em apenas 1 grama de fígado de urso polar encontram-se 12 mg de retinol!

  • Utilidade:
    Promove o crescimento. É fundamental para a visão e é importante para a pele, para a formação dos ossos, dentes, unhas e cabelo.

  • Onde se encontra:
    Fígado, cenoura, lacticínios gordos, gema de ovo, espinafres, sardinha, batata doce, couve, alface, salsa.

  • Se faltar...
    A avitaminose mais relacionada com a carência de vitamina A é a xeroftalmia (má visão ou cegueira nocturna, sensibilidade à luz, secura da vista). Seguem-se a redução do olfacto, a pele e as mucosas secas e o stress.

  • Se houver em excesso...
    O excesso de vitamina A é muito perigoso. Intoxica o organismo.
    Começa com a pele seca, dores no corpo, de cabeça, tonturas e náuseas. Segue-se a queda de cabelo, problemas no fígado e no baço, paragem de crescimento, falta de apetite, cansaço... E problemas piores.
    Já foram observados casos de envenenamento fatais pela ingestão de fígado de urso polar. (Mas não acreditamos que isso nos venha a acontecer...)

 

Vitaminas - Complexo B
 
  • Vitamina B1

    Outro nome: tiamina

    Tipo: hidrossolúvel

    História:
    A vitamina B1 foi a primeira do complexo B a ser descoberta. O beribéri, a doença que a sua falta provoca, aumentou no século XIX, na Ásia, ao começar a produzir-se o arroz polido (sem casca).
    Em 1880, o almirante da marinha japonesa Takaki provou que a causa do beribéri era alimentar, combatendo a doença mudando a dieta dos marinheiros.
    Em 1897 Eijkman, um médico holandês em Java (Indonésia) observou que o pó do polimento do arroz, se diluído em água e dado aos doentes com beribéri, os curava.
    Em 1936 a vitamina B1 foi isolada e foi baptizada com o nome de tiamina.

    Utilidade:
    Ajuda nos processos de metabolismo (que são as transformações dos alimentos que ingerimos) dando-nos a energia de que precisamos.

    Onde se encontra:
    Ervilhas, feijão, arroz integral, pão integral, cereais integrais, carne de porco, fiambre, fígado, rins, nozes, peixe e gema de ovo.

    Se faltar...
    A avitaminose da vitamina B1 é uma doença chamada beribéri.
    O doente perde de sensibilidade, as forças, anda nervoso, tem dores no abdómen e pode começar a perder a memória...

    Se houver em excesso...
    Mesmo em doses elevadas, a tiamina não é tóxica. O excesso é eliminado pelos rins.
    __________________________________________________________


  • Vitamina B2

    Outro nome: riboflavina

     
    Tipo: hidrossolúvel

    História:
    Até 1879, já tinham sido isolados dos alimentos uma série de compostos amarelados a que foi dado o nome de flavinas.
    Verificou-se que uma parte se modificava com o calor (chamou-se-lhe B1) e que a outra era estável ao calor (chamou-se-lhe B2).

    Curiosidades:
    Os raios solares UV (ultravioletas) tornam a riboflavina inactiva.

    Utilidade:
    Ajuda nos processos de metabolismo (que são as transformações dos alimentos que ingerimos) dando-nos a energia de que precisamos.

    Onde se encontra:
    Cereais em grão, levedura de cerveja, leite, carne, ovos, fígado e verduras.

    Se faltar...
    Racham os cantos da boca e há inflamações bucais. Segue-se comichão, ardor nos olhos, pele seca, sensibilidade à luz, depressão, letargia e histeria.
    Mas as carências de vitamina B2 costumam acompanhar a falta de outras vitaminas...

    Se houver em excesso...
    Mesmo em doses elevadas, a riboflavina não é tóxica. O excesso é eliminado pelos rins.
    __________________________________________________________


  • Ácido Pantoténico

    Outros nomes: Vitamina B5

    Tipo: hidrossolúvel

    História:
    O ácido pantoténico foi descoberto em 1933 como sendo uma substância essencial para o crescimento de leveduras. O seu nome vem do grego: panthos significa "em toda a parte", porque o ácido pantoténico é encontrado em toda a parte.
    O seu primeiro papel foi verificado com uma doença de pele, a pelagra dos pintos, que se curava com extractos de fígado, mas não com o ácido nicotínico.
    Dois cientistas demonstraram que o factor que curava a doença de pele (dermatite) das aves era o ácido pantoténico.

    Utilidade:
    Ajuda nos processos de metabolismo (que são as transformações dos alimentos que ingerimos) dando-nos a energia de que precisamos. Actua sobre as hormonas, na resposta ao stress, na formação de anticorpos.

    Onde se encontra:
    Fígado, carnes, ovos, frutas, cereais em grão e verduras, leite, etc. Encontra-se em praticamente todos os alimentos.

    Se faltar...
    É raro dar-se pela falta desta vitamina. Pessoas com dietas normais não têm carência de ácido pantoténico.

    Se houver em excesso...
    O excesso de ingestão pode provocar diarreia.
    Como acontece com as vitaminas hidrossolúveis, os excessos são eliminados na urina.
    __________________________________________________________



  • Vitamina B6

    Outros nomes: piridoxina, piridoxol, piridoxamina e piridoxal.

    Tipo: hidrossolúvel

    História:
    Em 1926, verificou-se que uma das consequências da falta de vitamina B2 era a dermatite. Em 1936, um cientista separou da vitamina B2 um factor solúvel em água cuja falta era a verdadeira causa das dermatites a que chamou vitamina B6.

    Curiosidade:
    - A necessidade diária de piridoxina é directamente proporcional à ingestão de proteínas na dieta.
    - O cozimento reduz as quantidades de vitamina B6 dos alimentos.

    Utilidade:
    A Vitamina B6 favorece a respiração das células e ajuda no metabolismo das proteínas e das gorduras.
    Actua na produção de hormonas, participa no crescimento dos jovens e estimula as funções defensivas das células.

    Onde se encontra:
    Carne de porco, vísceras, cereais em grão, carnes, frutas e verduras. Germe de trigo, aveia, arroz integral, banana, batata, leguminosas, aveia, atum.

    Se faltar...
    Podem ocorrer dermatites (doenças de pele, como a seborreia), anemia, gengivite (inflamação nas gengivas), feridas na boca e na língua, náuseas e nervosismo.
    Também pode causar perturbações no crescimento.

    Se houver em excesso...
    É pouco tóxica, mas doses altas podem provocar intoxicações neurológicas que resultam em formigueiro nas mãos e diminuição da audição.
    __________________________________________________________


  • Ácido Fólico

    Outros nomes: Vitamina B9, folacina, folatos, ácido pteroilglutâmico.
    Antigamente chamava-se Vitamina M, mas é uma denominação fora de uso.

    Tipo: hidrossolúvel

    História:
    A sua história liga-se de perto à da Vitamina B12.

    Curiosidades:
    - Cozer muito os alimentos pode destruir até 90% do seu conteúdo em ácido fólico.
    - Há países, como a Inglaterra e o Chile, em que o ácido fólico é acrescentado à farinha de trigo de uso doméstico. Nesses países, os suplementos por outras vias são desnecessários.

    Utilidade:
    Antes da concepção e na gravidez, a futura mãe deve tomar esta vitamina, para evitar más formações no sistema nervoso da criança.
    Esta vitamina actua em conjunto com a vitamina B12 na transformação e síntese de proteínas e na formação do ADN, que interfere na hereditariedade.
    É necessária para o bom funcionamento do cérebro. Previne a anemia, promove a formação de células saudáveis e dos glóbulos vermelhos.
    Contribui para o crescimento dos tecidos, previne doenças cardiovasculares, ajuda o funcionamento dos intestinos.

    Onde se encontra:
    Alimentos frescos, carnes, verduras escuras (brócolos, espinafres, etc.), cereais, feijões e batatas. Cerveja, gema de ovo, fígado, tâmaras secas, peixes (principalmente atum e salmão), ostras e citrinos.

    Se faltar...
    Gera malformações congénitas nos bebés ao nível do cérebro e do sistema nervoso, incluindo o lábio leporino e a fenda palatina. Pensa-se que tem influência nos partos prematuros.
    Nos adultos, a falta de ácido fólico deve-se sobretudo ao consumo de comidas industrializadas, causando anemia e inflamações gastrointestinais. Também surge em alcoólicos que se alimentam mal.
    Junto com a falta de Vitamina B12 causa vertigens, cansaço, perda de memória, alucinações e fraqueza muscular.

    Se houver em excesso...
    O ácido fólico oral não é tóxico.
    __________________________________________________________



  • Vitamina B12

    Outros nomes: cobalamina (hidroxicobalamina, cianocobalamina)

    Tipo: hidrossolúvel

    História:
    A história e as funções da vitamina B12 estão intimamente ligadas ao ácido fólico.
    Em 1824 dois cientistas descreveram casos de anemia, associada a factores digestivos. Em 1860, com outro caso de problemas no estômago viu-se que havia relação com a anemia referida. Em 1872, chamou-se a essa doença anemia perniciosa.
    Em 1925, observou-se que o fígado continha um potente factor que corrigia as anemias causadas pela falta de ferro e que a alimentação com fígado curava a anemia perniciosa.
    Pouco tempo depois, observou-se que as células do estômago segregavam algo que era necessário para corrigir a anemia perniciosa (o factor intrínseco - interno) e que agia em conjunto com um factor extrínseco (externo), semelhante a uma vitamina, obtido a partir do fígado.
    Só vinte anos depois se isolou e cristalizou a Vitamina B12.
    Ao tentar purificar o factor extrínseco descreveu-se uma forma de anemia perniciosa na Índia, que respondia ao factor extraído do fígado, mas que não respondia às fracções purificadas que tratavam a anemia perniciosa.
    Era o factor de Wills, que foi chamado Vitamina M e hoje é conhecido como ácido fólico, isolado em 1941.

    Curiosidade:
    - Ao contrário de outras vitaminas, os níveis de vitamina B12 podem ser medidos no sangue e assim fazer-se um diagnóstico seguro.

    Utilidade:
    Esta vitamina é essencial para o crescimento e metabolismo celular e é fundamental na formação dos glóbulos vermelhos do sangue (hemácias).

    Onde se encontra:
    Fígado, carnes vermelhas, ovos e lacticínios.

    Se faltar...
    Quando esta vitamina falta, as pessoas ficam com a referida anemia perniciosa e perturbações no sistema nervoso, que podem ser irreversíveis, causadas pela morte de neurónios (células nervosas).
    Os sintomas são variados e devem-se à morte ou perda de função das células atingidas no cérebro e na medula.
    As alterações neurológicas podem acontecer mesmo não havendo ainda anemia.
    As células de regeneração e replicação rápida também se ressentem da falta de vitamina B12.
    Podem apresentar manifestações de falta de vitamina B12 os vegetarianos estritos (que não ingerem carne, ovos e lacticínios), pessoas com problema intestinais, no pâncreas e idosos.

    Se houver em excesso...
    As doses que ultrapassam a capacidade diária de aproveitamento pelo organismo são eliminadas na urina.

 

Vitaminas - Vitamina C
 
  • Outro nome: ácido ascórbico

  • Tipo: hidrossolúvel

  • História:
    O escorbuto é a principal doença causada pela falta da vitamina C, e é conhecida desde o tempo das Cruzadas. Era frequente principalmente nos habitantes do norte da Europa, onde, durante o Inverno, a alimentação era muito pobre em verduras e frutas frescas.
    Nos séculos XVI a XVIII, na época das Descobertas, o escorbuto tornou-se a doença típica dos marinheiros, pois estes passavam muito tempo no alto mar sem comerem frutas ou legumes frescos.
    No século XVIII, com a introdução da batata na alimentação dos europeus (especialmente os do Norte) o escorbuto tornou-se raro.
    Foi só nos finais do século XVII e durante o século XVIII que, fazendo várias experiências alimentares, que se descobriu que dando limões e laranjas aos marinheiros estes não ficavam doentes com escorbuto.
    A marinha inglesa, ao introduzir o sumo de limão na dieta dos marinheiros reduziu os casos de escorbuto de 1457 para 2!

  • Curiosidades:
    - A maioria dos animais sintetiza a vitamina C. No entanto, o porquinho da Índia (ou cobaia), os macacos não humanóides, os morcegos da fruta indianos e os humanos... não.
    - Só em 1936, o ácido ascórbico foi isolado e identificado. Hoje, é produzido industrialmente.
    - A acerola é trinta vezes mais rica em Vitamina C que a laranja.
    - A vitamina C é muito sensível ao calor, luz e oxigénio. Nos alimentos pode ser parcialmente ou completamente destruída por um armazenamento longo ou quando a cozedura dura tempo demais.
    - As batatas, se armazenadas à temperatura ambiente, perdem cerca de 15% do seu conteúdo em vitamina C todos os meses. Ao cozerem-se as batatas descascadas destroem-se mais 30 a 50% da sua vitamina C.

  • Utilidade:
    É muito importante para a formação dos ossos, cartilagens e dentes.
    Por reforçar o sistema imunitário, refere-se que previne gripes, fraqueza muscular e infecções.

  • Onde se encontra:
    Frutas e verduras frescas, especialmente nestas: mamão/papaia, brócolos, laranja, limão e outros citrinos, morango, batata, manga, caju, pimentão, kiwi, melão, acerola, couve, ananás, etc.

  • Se faltar...
    A carência desta vitamina provoca a avitaminose conhecida por escorbuto (que hoje é praticamente desconhecido): as feridas demoram a cicatrizar, há hemorragias, os dentes ficam moles, perde-se de peso, tem-se dores nas articulações e as gengivas ficam inflamadas.
    Um possível sinal de falta de vitamina C é, nos cabelos, os pêlos tornarem-se crespos onde antes eram lisos.

  • Se houver em excesso...
    Se o excesso for mesmo enorme e se se prolongar, formam-se cálculos (pedras) nos rins.
    É mais fácil arranjar uma doença tomando altas doses de vitamina C do que ficar com mais saúde.

 

Vitaminas - Vitamina D
 
  • Outro nome: calciferol

  • Tipo: lipossolúvel

  • História:
    A vitamina D é, de facto, o nome de duas substâncias: o colecalciferol e o ergocalciferol, que evitam e curam o raquitismo.
    Esta doença, em séculos passados, ocorria nas crianças das cidades, que pouco andavam ao ar livre e ao sol.
    Outros cientistas diziam que a doença só se devia a erros alimentares.
    Em 1919, verificou-se que todos tinham razão, pois ingerir óleo de fígado de bacalhau ou expor as crianças ao sol, prevenia ou curava a doença.
    Em 1924, outros cientistas verificaram que os raios ultravioleta (presentes na radiação solar) também curavam ou preveniam o raquitismo.

  • Curiosidade:
    - Tanto o excesso como a falta de vitamina D altera a formação dos ossos.

  • Utilidade:
    A vitamina D contribui para a formação dos ossos e dos dentes, fixando neles (e no sangue) o cálcio.
    Também favorece o crescimento.

  • Onde se encontra:
    O nosso organismo sintetiza a vitamina D a partir do colesterol.
    Para mais, enquanto apanhamos sol, a nossa pele produz vitamina D.
    De modo natural, obtém-se a vitamina D comendo fígado, óleos de peixes (de água salgada) e gema de ovo.
    Nas regiões onde há pouco sol, pode complementar-se a falta de vitamina D ingerindo óleo de fígado de bacalhau.

  • Se faltar...
    Nas crianças, a falta de vitamina D provoca o raquitismo: os dentes nascem tarde e caem, os ossos são moles - vê-se nas pernas arqueadas, por exemplo.
    Nos adultos, a falta de vitamina D provoca a osteomalácia (os ossos amolecem). Nos idosos leva à osteoporose.

  • Se houver em excesso...
    A hipercalcemia leve pode não apresentar sintomas. Os casos mais graves podem apresentar anorexia, cólicas abdominais, náusea, vómitos, sede intensa, desidratação, delírio, fraqueza muscular.
    O depósito de cálcio nos rins quando o organismo tenta eliminar o excesso deste pode provocar insuficiência renal aguda.

 

Vitaminas - Vitamina E
 
  • Outros nomes: tocoferol.
    Na verdade são oito substâncias semelhantes reunidas sob o nome de tocoferóis.

  • Tipo: lipossolúvel

  • História:
    Em 1922, dois cientistas observaram que ratas grávidas não mantinham a prenhez. Engravidavam, mas abortavam, pois faltava-lhe um factor desconhecido.
    Também foram observadas alterações nos testículos dos ratos a que faltava essa substância, considerada como sendo anti-esterilidade, daí o nome de vitamina E.
    A vitamina foi isolada em 1936, verificando-se que eram tocoferóis.

  • Curiosidades:
    - O nome tocoferol deriva da palavra grega tocos, que significa nascimento, e pherein, que significa transportar. O nome foi dado para destacar o seu papel essencial na reprodução das várias espécies animais. O -ol final identifica a substância como sendo um álcool.
    - O leite de mulher contém vitamina E suficiente para o filho, ao amamentar, ao contrário do leite de vaca.
    - A princípio pensava-se que era a vitamina da fertilidade sendo indicada para tratar a impotência sexual. Para desilusão de alguns, isso nunca foi comprovado...

  • Utilidade:
    É importante para o funcionamento dos tecidos musculares e necessária à formação das células sexuais.
    Funciona como antioxidante e ajuda a proteger os tecidos corporais dos efeitos dos radicais livres.


  • Onde se encontra:
    Os óleos vegetais (amendoim, soja, palma, milho, cártamo, girassol, etc.) e o gérmen de trigo são as fontes mais importante de vitamina E.
    Encontra-se também nas nozes, sementes, grãos inteiros, e vegetais de folhas verdes.
    As margarinas e outros alimentos gordos são fortificados com vitamina E.

  • Se faltar...
    A falta de vitamina E provoca alterações neurológicas: diminui os reflexos e a sensibilidade vibratória, por exemplo.
    As dificuldades visuais podem também ser agravadas pela falta de vitamina E. A esterilidade está associada à falta desta vitamina.

  • Se houver em excesso...
    A vitamina E mesmo em altas doses não é tóxica. No entanto, pode interferir na absorção de outras vitaminas lipossolúveis e do ferro dos alimentos, provocando anemias.
    Altas doses de Vitamina E aceleram uma doença dos olhos: a retinite pigmentosa.

 

Vitaminas - Vitamina K
 
  • Outro nome: naftoquinona

  • Tipo: lipossolúvel

  • História:
    Em 1929, o médico Henrik Dam, observou que pintos alimentados com determinadas rações tinham sangramentos (hemorragias), porque os níveis de protrombina no seu sangue estavam demasiado baixos.
    Seis anos depois, verificou que uma substância desconhecida, lipossolúvel, combatia essas perdas de sangue. Chamou-lhe vitamina K (Koagulation Vitamine).
    Na mesma época, outros investigadores verificaram que era a diminuição de protrombina no sangue que causava hemorragias.

  • Curiosidades:
    - A vitamina K tem três tipos: a vitamina K1 (filoquinona, fitonadiona), que se encontra nos vegetais, a K2 (menaquinona) que se produz no tracto intestinal e a K3 (menadiona), que é sintética (fabricada).
    - A vitamina K que se consome numa dieta alimentar habitual excede normalmente a dose diária recomendada.

  • Utilidade:
    A vitamina K é fundamental para a produção da protrombina, uma proteína corporal, que é um factor importante na coagulação do sangue.
    As vitaminas K1 e a K2 praticamente não têm actividade em pessoas saudáveis. Age também na prevenção de osteoporose.

  • Onde se encontra:
    Vegetais de folhas verdes (espinafre, couve, repolho, alface, nabo) e fígado.
    Também está presente nos lacticínios, gema de ovo, tomate, arroz integral, nas ervilhas e nos óleos vegetais.


  • Se faltar...
    Na falta da Vitamina K (o que é raro em adultos) podem ocorrer hemorragias e problemas com a coagulação do sangue.

  • Se houver em excesso...
    Mesmo em altas doses, as vitaminas K1 e K2 não são tóxicas.
    A vitamina K3 (em altas doses) pode provocar anemia e lesões no fígado.

 

 

 

 

Obrigada pela visita.

Volte sempre!!!

 

Cris às 00:01
| comentar | favorito
8 comentários:
De Chicailheu a 21 de Junho de 2007 às 16:05
Este post deve lhe ter dado imenso trabalho!
Muito completo...ena, tanta vitamina!!!
Gostei bastante!
Muitos beijihos

Chicailheu
De Cris a 21 de Junho de 2007 às 21:45
Olá amiga.
Realmente deu um pouquinho de trabalho :)
Beijocas
Cris
De Manuela a 21 de Junho de 2007 às 22:09
Muito bom trabalho.
Quando precisar de vitaminas venho cá...ehehe
Obrigado por ter passado pelo meu blog.
Um beijinho grande.
Manuela
Image (http://www.glitter-graphics.com)
Para ti com amor
De Cris a 22 de Junho de 2007 às 01:41
Olá amiga.
Então já sabes, quando precisares de vitaminas... visita-me!!
Beijocas grandes
Cris
De AnaG a 21 de Junho de 2007 às 23:12
Olá Cris

Gosto muito de vir até ao teu cantinho porque vou sempre mais enriquecida.

O teu post está muito bom pois a tua informação é muito útil .
De Cris a 22 de Junho de 2007 às 01:43
Olá amiga.

Obrigada pela tua visita.
Volta sempre!!!
Beijocas grandes
Cris
De Bruna Malfatti Monteiro a 30 de Setembro de 2009 às 19:47
Nossa,isso me ajudoou muito para o meu trabalho de Ciências .
Eu nunca goostei de Ciências,mas esse site conseguiu me prender e estudar um pouco mais .
Eu faço a o oitavo ano do ensino fundamental e em toda minha vida dentro da escola,nada conseguiu me prender desse jeito .
Obrigada !
Beijos,Bruninha Monteiro .
De Elci Lima a 7 de Março de 2010 às 17:52
Que lindo o seu site. Eu amei e ficou muito melhor pra estudar. Parabéns!

Comentar post

.Para Você

Anjinhos
Animais
Bublle
Cutes
Meninas
Meninas2
Meninos
Natal
Bonecas
Bonecas Palito
Selos
Barrinhas
Mini barrinhas
Hello Kitty
Fadas
Flores
Dolls
Dolls2


.Blogs Que Visito



Mariposa




*andando-e-pensando
*olha_por_mim
*Já Cheguei






.links

.Créditos



Clique aqui e tenha acesso  ao Site Tony Gifs & Javas

Coisinhas e Tal

O melhor site de GIFs!

VICKYS.com.br

*LadyLony*

Tony Gifs & Javas




Cantinho dos Miudos



. Prémios que Ganhei



*1º Prémio