.mais sobre mim

.pesquisar

 


. Quem Aprova Este Blog


Aprovado pelo VICKYS.com.br



.posts recentes

. O Cão

. Calendários 2010

. Os dez mandamentos das cr...

. Multiplicar Com Os Dedos

. Pinóquio para verificar

. Máscaras

. O que é a dislexia?

. Grupo Nominal e Grupo Veb...

. Sílaba e divisão silábica

. Ditongos e Dígrafos

.Baú

. Setembro 2013

. Fevereiro 2010

. Junho 2009

. Maio 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.tags

. adivinhas

. ambiente

. anedotas

. animais

. aniversários

. anjinhos

. aprende

. cao

. carnaval

. conselhos úteis

. contos tradicionais

. culinária

. dia da mãe

. dias comemorativos

. direitos...

. estações do ano

. família

. familia

. faz tu

. gramática

. história de portugal

. histórias

. ideias

. imprime

. jogos

. jogos tradicionais

. lengalengas

. máscaras

. miminhos

. monumentos

. natal

. o que faz...

. para colorir

. parabéns

. páscoa

. passatempos

. pinta

. provérbios

. reciclagem

. sabia que...

. sabias que...

. santos populares

. saúde

. todas as tags

. Que horas são?

Link-me!



Link-Me



Link-Me



.Mural

.Tudo para os Animais

Loja para mascotes






Olá. Seja bem vindo!


Obrigada por sua visita! Você já esteve aqui

Quarta-feira, 31 de Outubro de 2007

Movimento dos Continentes

005w7rw1

  • Já alguma vez ouviste falar na "Teoria da Deriva dos Continentes"? Esta teoria parte do princípio que a Terra está em constante movimento, nomeadamente os continentes, as montanhas e o próprio fundo dos oceanos.

  • Imagina uma piscina cheia de água gelada, com uma placa e gelo apenas com alguns centímetros de espessura. Se houver movimento na piscina, a placa parte-se em pedaços mais pequenos, que se mexem. A crosta da Terra é muito semelhante às placas de gelo, mas que aí chamam-se placas tectónicas.

  • As placas tectónicas, os grandes continentes, estão em movimento constante. Sabes porquê? Porque o interior do nosso planeta é muito quente e o calor está sempre a tentar sair (o interior da Terra chama-se núcleo e liberta magma). Claro que nós só notamos que o magma existe quando os vulcões o libertam.

  • Cada vez que o magma é libertado, as placas tectónicas movem-se. Algumas vão-se movendo no mesmo sentido, e vão deslizando juntas, mas outras movem-se em sentidos contrários. É assim que as ilhas e as montanhas se vão formando: as placas deslizam e crescem por causa da libertação do magma.

  • Sabias que os 7 continentes do mundo formam apenas 30% da superfície da Terra? O resto é água. A "Teoria da Deriva dos Continentes" diz que, há muitos milhões de anos, o nosso planeta tinha um único continente, a Pangeia, que se foi dividindo em outros mais pequenos por causa do movimento das placas.
    • Alguma vez reparaste que o Brasil encaixa perfeitamente na costa ocidental de África? O cientista alemão, Alfred Wegener, reparou nisto em 1912. Mas também reparou que havia fósseis muito parecidos em zonas do planeta completamente diferentes (imagina uma planta tropical no meio da Antárctida!).

    • Esta teoria também vale para alguns povos: repara nas feições dos asiáticos e nas dos índios americanos. São parecidas, não são? Pensa-se que em tempos muito antigos passaram da Ásia para a América pelo que é hoje o estreito de Bering, mas na altura a separação dos continentes não existia. Estava tudo ligado.

    • Infelizmente, de início, as pessoas não aceitaram as suas ideias, apesar de todos já terem notado as semelhanças. Sabias que em 1570, um navegador já tinha reparado nas linhas costeiras do Brasil e da África? Mas ele dizia que os dois continentes tinham sido afastado por causa de catástrofes.

    • Sabias que as montanhas dos Himalaias, as maiores do mundo, ainda estão a crescer? Sobem 9 metros em cada 100 anos, mais ou menos 1 cm por ano! É que as placas tectónicas da Índia e da Ásia movem-se em sentido contrário.

    • Pensa-se que daqui a alguns milhões de anos a Austrália vai atravessar o Oceano Pacífico todo e juntar-se com a América!

                Nota, estamos a falar de milhões de anos...

    0003fdt1

    Sábado, 27 de Outubro de 2007

    Barreira do Som

     

     

     

     

    Sejam bem vindos!!!

     

     

     

  •  O som é uma onda que viaja muito depressa até ao nosso ouvido. Espalha-se em todas as direcções mais ou menos a uma velocidade de 340 metros por segundo. Mais de mil quilómetros por hora!

  • Sabias que a velocidade do som varia conforme a temperatura ambiente e a altitude?

  • Quando está ao nível do mar, o som "anda" a 1220 quilómetros por hora! A esta velocidade chama-se Mach 1. Quando atinge o dobro da velocidade chama-se Mach 2.

  • A expressão "barreira do som" nasceu da ideia (errada) de que a velocidade do som era o limite da velocidade de voo de um avião.

  • Esta ideia mudou completamente quando o primeiro avião atingiu uma velocidade "supersónica" (acima da barreira do som).

  • A primeira vez que se atravessou a barreira do som foi no dia 13 de Fevereiro de 1947. Quem o fez foi um piloto de ensaios de nome Chuck Yeagen, no avião foguete Bell X-1.

  • A 26 de agosto de 1950, esta aeronave foi transferida para o National Air Museum, em Washington, EUA, onde está em exposição permanente.

  • Os aviões "normais" conseguem chegar a velocidades muito próximas das do som, mas falta-lhes a potência de motor e uma forma aerodinâmica que "corte" o ar.

  • O problema era que o ar cria muita resistência e não deixava os aviões andarem mais depressa. Só mais tarde é que os aviões a jacto surgiram e começaram a voar mais rápido.

  • Os engenheiros tiveram de criar aviões com uma forma que os tornasse mais velozes diminuindo a resistência do ar.

  • Sabias que, no momento em que um avião atravessa a barreira do som, se forma uma enorme nuvem à sua volta? Esta nuvem é provocada pela onda de som que, ao avançar, comprime a humidade do ar. Chama-se "cone de Mach".

  • E sabias que, ao voar, a uma velocidade supersónica, um avião cria, no seu rasto, um fenómeno chamado «estampido sónico»? Ou seja, um barulho parecido com o ribombar de um trovão.

  • Se o avião voar baixinho, o barulho pode até partir os vidros das janelas da casa das pessoas!

  • Quando está perto da barreira do som, as asas e as outras zonas de controlo começam a vibrar e a zunir, os comandos ficam baralhados e o avião é sacudido.

  • Imagina o susto que os pilotos antigos apanhavam quando isso acontecia!

  • No entanto, ao contrário do que se possa pensar, quando um avião ultrapassa a velocidade supersónica, o voo passa a ser suave, porque se passa a voar mais rápido do que as ondas de pressão.

  • O Concorde é o único avião de passageiros a voar acima da velocidade do som, ou “Mach 1”. Desenvolvido em conjunto por engenheiros britânicos e franceses, o Concorde foi apresentado ao público em 1967, mas só fez o seu primeiro voo em 1969.

  • Em Outubro de 1997, foi pela primeira vez quebrada a barreira do som em terra, por um carro a jacto (o Thrust SCC) projectado por uma equipa britânica.

  • No entanto, o recorde não foi oficialmente reconhecido porque a viagem ultrapassou o limite máximo de tempo dado para esta experiência (60 minutos). Mesmo assim, deve ter andado muito depressa!!!
  • 005cq2tx

    Obrigada pela visita.

    Volte Sempre!!!

    Cris às 00:01
    | comentar | favorito
    Quinta-feira, 25 de Outubro de 2007

    Poluição Marítima

     

     

     

     00095erh

     

     

     

    003tb8c1

    Olá. seja bem vindo!!!

     

     

     

    • Como sabes, a poluição resulta da actividade humana que suja e contamina o Ambiente.

    • Apesar de os oceanos serem muito grandes, eles também ficam poluídos pela actividade do Homem.
      E se há muitos anos atrás se pensava que não havia problema em sujar as águas, hoje em dia a poluição é bastante visível.

    • Por exemplo, os efeitos da poluição nas espécies marinhas e também no Homem são muitos e os mais graves são as doenças.

    • O Homem enche o mar de «contaminantes» que, pelo efeito das ondas, são arrastados para as areias dos estuários e baías. Esses «contaminantes» são depois absorvidos por animais que fazem parte da cadeia alimentar.

    • Ou seja, apesar de parecer que não, a poluição afecta-nos a todos.
      Apesar de não bebermos a água do mar, tomamos banho nela e alimentamo-nos de peixes que podem estar contaminados.

      Em pouco tempo as doenças passam também para nós!

    • É claro que não é só o Homem que polui, todos os animais deixam o seu «lixo» no ambiente, a diferença é que nós o fazemos numa quantidade tão grande que a Natureza não consegue «limpar».

    • Desta forma, estamos a arruinar um dos bens mais preciosos que existem no nosso planeta: a água.

    • A poluição das reservas e das fontes é o grande problema para o futuro abastecimento do planeta de água potável. A acumulação de lixo junto às nascentes e a infiltração de fertilizantes no subsolo contaminam as nascentes, poluindo uma riqueza que não tem preço.

    • Nas grandes cidades, o despejo de esgotos e detritos industriais no mar e nos rios também é uma grande ameaça.

    • Quando puxamos o autoclismo da casa-de-banho, não pensamos para onde é que a água suja está a ir.
      Se não for tratada numa estação de tratamento pode causar grandes estragos no oceano!

    • Nesses locais (as ETAR - Estações de Tratamento de Águas Residuais) usam-se produtos químicos que separam a sujidade da água, que pode assim seguir o seu ciclo sem poluir o meio ambiente.

    • Muitas indústrias (ainda) lançam nas águas os resíduos da sua produção, sem os tratar. Algumas vezes são resíduos tóxicos (e malcheirosos) que destroem a vida dos rios e que acabam por chegar aos mares.


      Os derrames de petróleo

    • Outro grande problema, talvez o que provoca um impacto mais visível, é o derramamento petróleo nas águas do mar.

    • Normalmente estes derramamentos são acidentais e acontecem quando os grandes petroleiros têm problemas ou afundam.

    • O mais grave da questão é que muitas vezes há derramamentos propositados!
      Os navios decidem fazer a limpeza dos seus porões de petróleo em alto mar, o que é altamente proibido, mas muito mais barato do que fazê-lo num porto.

    • E o que é que acontece quando há um derramamento?
      Acontece o que viste na televisão no fim de 2002 com o navio «Prestige»: as plantas, aves, mamíferos, peixes e crustáceos que habitam na zona (Galiza, em Espanha) foram afectados pela maré negra do petróleo.

    • Por causa da maré negra, os seres vivos morrem intoxicados.

    • E se pensas que as aves conseguem fugir, estás muito enganado. Elas mergulham para caçar peixes e depois, com o peso do crude (o nome do petróleo em bruto) nas asas já não conseguem levantar voo.

    • Mas este mar poluído também não é bom para nós: fica impróprio para banhos ou mergulhos. Tomar banho numa praia suja pode deixar as pessoas doentes.

    • Sabias que apenas uma gota de óleo pode destruir centenas e centenas de litros de água potável?

     

     

     

    003t8e8k

    Obrigada pela visita.

    Volte mais vezes!!!

     

     

    00095erh

     

     


     

    tags:
    Quarta-feira, 24 de Outubro de 2007

    O Chocolate

     

     

     

     

    0004139a

     

     

     

      O chocolate vem de uma planta, o cacaueiro, que não existia na Europa até aos espanhóis chegarem ao México, na América.

      Foi aí que descobriram que os povos dessa região, os Maias e os Astecas já tomavam chocolate há mais de 3 mil anos, muito antes de Jesus nascer!

      Mas só sabiam usá-lo como bebida...
       
       

    História do Chocolate
     
  • Como já sabes, o chocolate vem de uma planta, o cacaueiro, que não existia na Europa até aos espanhóis chegarem ao México, na América.

  • Foi aí que descobriram que os povos dessa região, os Maias e os Astecas já tomavam chocolate há mais de 3 mil anos, muito antes de Jesus nascer! Mas só sabiam usá-lo como bebida.

  • Estes povos consideravam o chocolate muito valioso e acreditavam que era uma fonte de poder. Os Astecas chegaram mesmo a usar as sementes de cacau como moeda de troca em
    transacções comerciais!


  • Assim, no século XVI (na época das Descobertas), os espanhóis levaram o chocolate para a Europa. Toda a gente adorou e, em pouco tempo, tornou-se numa dos alimentos mais populares.

  • O fruto do cacaueiro é o cacau, que é uma baga amarela mais ou menos do tamanho de uma banana muito pequena, que tem dentro cerca de 25 sementes brancas.

  • A receita primitiva dos Maias diz que se deviam separar as sementes brancas. Depois ficavam a fermentar, secar e finalmente ficavam a torrar ao sol. No fim eram moídas. Ufa!

  • A pasta daí resultante era misturada com mel, farinha de milho e algumas especiarias, o que dava um líquido escuro, que era tratado pelos Maias e
    Astecas como um bem precioso, quase sagrado.

  •  

  • Mas desde aí o chocolate já evoluiu muito: a primeira grande inovação ocorreu logo no século XVI, quando os espanhóis lhe adicionaram o açúcar, trazido da Ásia, para ficar mais docinho.
  •  

     

    Utilizações do Chocolate

     

     

     

    • Sabias que a pasta de cacau, ou o cacau em pó são muito amargos? Por isso é que raramente se toma sozinho. Acrescentando açúcar, obtém-se uma pasta líquida que se deita em formas para fazer as barras de chocolate.

    • Para o chocolate ficar pronto deixa-se arrefecer e desenforma-se. Mas mesmo assim, o chocolate não estava totalmente aproveitado, por isso, no século passado, alguém se lembrou de lhe acrescentar leite.

    • Daí em diante, as mudanças foram mínimas. Até hoje a fórmula básica do chocolate consiste na mistura de três ingredientes: cacau, açúcar e leite. A eles se pode acrescentar cerca de 40 outros ingredientes, como castanhas, avelãs e frutos secos em pequenas quantidades.

    • Huuummm! De fazer crescer água na boca!

    • No início, o chocolate era considerado bom demais para se dar a todas as pessoas. Por isso só a nobreza e o clero é que o bebiam. Mais tarde, por ser tão saboroso, foi considerado um pecado!

    • Só muito mais tarde é que a bebida chegou a todas as pessoas e durante o Inverno uma chávena de chocolate quente ajudava a esquecer o frio.

    • Apesar de muito saboroso e rico como alimento, o chocolate não substitui uma refeição! Para pessoas que trabalham muito com o corpo e gastam muitas energias, como os atletas, ele serve como um complemento alimentar.

    • Agora já sabes, o chocolate é muito bom porque te dá energias, mas tem que ser tomado em quantidades pequenas. Se tomares muito podes estragar os dentes e ficar com dores de barriga!

     

     

    A Lenda do Chocolate
     
     
    • Diz a lenda dos povos da América que o deus asteca "Quetzcoalt", senhor da Lua prateada e dos ventos gelados, tal como prometeu, ofereceu aos homens um presente roubado do país dos deuses.

    • Querendo dar aos mortais algo que lhes enchesse de energia e prazer, Quetzcoalt foi aos campos luminosos do Reino dos Filhos do Sol para de lá roubar as sementes da árvore sagrada.

    • Desta maneira fantástica, as sementes do cacaueiro teriam nascido na região dos Astecas, dando origem à árvore.

    • O "tchocolatl", como era chamado, tinha tanta importância entre estes povos, que a bebida só era consumida por reis, nobres e guerreiros.

    • Foi esta mistura que o imperador asteca Montezuma ofereceu ao conquistador espanhol Fernando Cortez, confundindo-o com algum deus pelas roupas que usava e por vir montado num cavalo.

     

    00642rff

     

     

    Cris às 03:47
    | comentar | favorito

    Castelos

     

     

     

    0019wz2r

    Olá. Sejam bem vindos!!!

     

     

  • Os castelos serviram, durante muitos anos, para proteger as cidades dos ataques dos inimigos. Nessa altura ainda não existiam canhões, espingardas ou outras armas do género, por isso os castelos eram imbatíveis.

  • Hoje muitos estão em ruínas por deixarem de ter utilidade. Eram construídos em sítios muito altos, de onde se pudessem ver os inimigos a chegar. Estavam muito bem protegidos e resistiam a quase tudo.

  • Todos os castelos tinham uma muralha feita de grandes blocos de pedra, formando uma grossa parede recortada no topo pelas ameias. Através delas, os guardas podiam espreitar sem serem vistos.

  • À roda da muralha construía-se um fosso que, por vezes, era cheio de água. Sempre com o objectivo de dificultar a entrada de quem não era bem-vindo.

  • Por outro lado, a ponte levadiça dificultava muito a entrada ou saída do castelo. Os guardas só a levantavam quando não havia perigo por perto.

  • Quando se viam os exércitos inimigos a aproximar, os habitantes da cidade corriam todos para dentro das muralhas, onde ninguém mais conseguia entrar, levando muita comida que ficava guardada em grandes celeiros.

  • Havia sempre algum tempo para isto porque os exércitos se deslocavam a pé e havia sempre gente a vigiar.

  • As seteiras são aberturas existentes na muralha, mais largas no interior do que no exterior, por onde as setas eram lançadas. O seu formato dificultava a entrada das setas lançadas pelo inimigo.
  •  

    • A única maneira das pessoas dentro dos castelos se renderem era quando eram tomados de assalto ou por cerco. Quando se tentava um ataque por assalto, escolhia-se a noite, quando todos dormiam, e colocavam-se escadas junto às muralhas para entrar no castelo de surpresa.

    • Com o cerco ao castelo não se deixava ninguém sair ou entrar: quem lá estava dentro só podia contar com os alimentos e com a água tinham levado. O objectivo era esperar até que o senhor do castelo se rendesse, o que acontecia quando a fome ou a sede se tornavam insuportáveis (mas praticamente todos os castelos tinham um poço).

    • Para não ficarem presos no seu próprio castelo, existia sempre uma porta ou caminho de saída secreto. Às vezes havia vários!. Se o cerco demorava muito tempo, tentava-se sair por aí para pedir auxílio, ou então para conseguir alimentos.


    • Mesmo sendo muito fortes, havia ainda outras maneiras de atacar os castelos. Apesar de não fazerem grandes estragos, armas como a catapulta, a torre de assalto ajudavam a desmoralizar as pessoas dentro do castelo e a ir destruindo as muralhas, abrindo brechas para se poder entrar.

    • Outra das maneiras de defender o castelo dos atacantes que tentavam escalar as muralhas era lançar-lhes água e azeite a ferver, assim como afastar as escadas com que tentavam subir.

    • Dentro dos castelos vivam muitas pessoas, nomeadamente o senhor do castelo, que vivia numa grande torre muito bem protegida. Mas fora das muralhas existiam
      muitas casas de camponeses.

    • Em Portugal, um país com muitas guerras para defender e conquistar o território, os castelos não evoluíram muito de meras fortificações. Mas noutros países, como a Inglaterra, os castelos deixaram de ter tantas muralhas e passaram a ser uma espécie de casa muito grande, forte e bem protegida.

    • Assim, conforme o tipo de História de cada país, existem vários tipos de castelos. Uns são mais fortes e resistentes, outros são mais bonitos e com menos muralhas. Mas o objectivo é sempre o mesmo: ter um sítio onde morar e que seja forte e protegido.

    0019z8aa

    Obrigada pela visita!

     

    Cris às 02:41
    | comentar | favorito
    Domingo, 21 de Outubro de 2007

    Piggley Winks

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

    tags:
    Sábado, 20 de Outubro de 2007

    Água

     

     

     

    0004ch7w

     

     

    0011e1hd

     

     

     

  • Por brincadeira, e considerando que cerca de 71% do planeta Terra está coberto de água, já houve quem dissesse que devia chamar-se o planeta Água.
    Mas não é assim...

  • É que além de a água não ser um recurso inesgotável, grande parte dela é salgada e outra grande parte está em forma de gelo...

  • A água é um recurso natural de grande valor económico, estratégico e social, essencial à existência e bem-estar do Homem e aos ecossistemas da Terra. É um bem comum a toda a Humanidade.

    Aqui vão uns numerozitos:
    - Cerca de 2/3 da superfície da Terra são dominados pelos mares e oceanos.
    - O volume total de água na Terra estima-se em cerca de 1,35 mil milhões de quilómetros cúbicos!
    - Os pólos e as zonas circundantes estão cobertos pelas águas sólidas dos glaciares.
    - As barragens e represas são a actividade que mais consequências teve nos sistemas de água doce. Actualmente retêm 14% de toda a água corrente do mundo.
    - No século XX perderam-se metade das zonas húmidas do mundo. Foram convertidas em terras de agricultura ou foram secas para combater doenças, como a malária.


    Onde está a água?
    - 97,4% está nos oceanos e mares, e é salgada;
    - 1,98% está armazenada nos glaciares e em lugares quase inacessíveis;
    - 0,589% são águas subterrâneas;
    - 0,03% está nos rios e lagos
    e ainda...
    - 0,001% na atmosfera.


    Muito importante:
    Apenas 1% de toda a água do planeta
    está disponível para uso!!!


  • Mesmo assim, durante muito tempo, a água foi sempre considerada um recurso infinito, pois a Natureza parecia ter muita abundância e a água parecia sempre renovável.
  • Hoje, o mau uso e a crescente procura deste recurso preocupam todos pela menor disponibilidade de água potável em todo o planeta.

    Para terminar...
    O Homem é mesmo um caso sério de desperdício. Ora lê:
    - Gota a gota, uma torneira chega a um desperdício de 46 litros por dia. Isto é, 1380 litros por mês. Ou seja, mais de um metro cúbico por mês!
    - Um fio de água de mais ou menos 2 milímetros totaliza 4140 litros num mês!
    - Se for um fio de água de 4 mm, são 13 260 litros por mês de desperdício!

     Algumas ideias para melhorar a situação:
    - Prefere o chuveiro ao banho de imersão: gastas entre 25 e 100 litros em vez de 200 a 300!
    - Fecha bem as torneiras. Não custa nada!
    - Não deixes a torneira aberta enquanto lavas os dentes!
    - Ao lavares a loiça, não uses a água a correr. Enche a pia!
    - Esquemas para reduzir a água de cada descarga de autoclismo são bem-vindos, como a garrafa de água no interior, que reduz o consumo em cerca de 30%.
    - Consertar o pingo da torneira poupa litros de água!
  •  

     

    003t19cs

    Obrigada pela visita!!!

     

     

     

    0004ch7w

     

     

     

    tags:
    Cris às 00:01
    | comentar | favorito
    Terça-feira, 16 de Outubro de 2007

    Lusitanos

     

     

     

    005w4sy5

     

     

     

     

    • Já deves ter ouvido muitas vezes falar nos portugueses como "lusitanos", mas de onde vem esta expressão?

    • Um pouco antes de os romanos chegarem à Península Ibérica, chegou um conjunto de povos de origem celta vindo da Europa Central, ocupando o território entre os rios Douro e Tejo.

    • Pensa-se que os lusitanos terão sido uma mistura de povos de várias origens e foram o povo que mais lutou contra a invasão das tropas romanas.

    • Contam-se histórias de duros combates entre os romanos e os lusitanos entre os anos de 193 e 45 a.C.

    • Enquanto os romanos tinham o hábito de fazer grandes batalhas, os lusitanos organizavam-se de outra forma, atacando quando os inimigos menos esperavam, numa técnica parecida com a actual guerrilha: surtidas e ataques surpresa.

    • Usavam armas ofensivas (punhais, espadas dardos e lanças) e defensivas (pequenos escudos redondos, apresentando uma concavidade central, de modo a interceptarem as setas).

    • O corpo era protegido de forma rudimentar, com uma couraça de linho espesso, e usavam capacetes metálicos ou de couro, como os povos do centro da Europa.

    • Sabias que o famoso herói Viriato era lusitano? Viriato era o líder dos Lusitanos na resistência aos Romanos. Pensa-se que foi assassinado à traição em 139 a.C.
  • O seu maior impacto fez-se sentir particularmente a partir de 147 a.C., depois de ter sido aceite uma proposta de paz com os romanos.

  • Consta que, estando os lusitanos desarmados, o pretor (um magistrado romano) Sérvio Galba terá mandado assassinar 9000 homens e vendido cerca de 20 000 na Gália, como escravos.

  • Cada vez mais sozinhos na sua luta, os lusitanos foram finalmente integrados na administração romana em 25 a.C.

  • Antes da chegada dos romanos, a cultura lusitana incluía uma arquitectura de pedra, com grupos de habitações em forma de círculo, com muros a constituírem castros (ou citânias).

  • Normalmente localizavam as suas aldeias em zonas de difícil acesso e defendidas por muralhas.

  • Praticavam uma agricultura rudimentar, completada com caça, pesca e pastorícia. Mesmo assim, sabias que ainda exerciam algum comércio?

  • Fazia parte dos seus hábitos a prática de uma religião panteísta, marcada por divindades ligadas à terra ou à fecundidade.

  • Em relação à arte (particularmente em objectos utilitários ou de adorno), é de salientar a ourivesaria. Eram muito desenvolvidos nesta área devido à riqueza em ouro das regiões que ocupavam.

  • Foram encontradas muitas peças desta época, de grande originalidade decorativa, com técnicas de granulado, estampilhado e filigrana, entre outras.
  •  

      

     

     

    0052a0qx

     

     

     

     

    Segunda-feira, 15 de Outubro de 2007

    Aniversário do Tomás

     

     

     

     

    0004139a

     

     

     

     

    0052q2bd0052q2bd

                                                                                                                             

    0068bb5p

     

     

     

     

       00660cde 

     

     

     

     

    004edyg3

     

     

     

     

     

    0065pybw0065pybw0065pybw0065pybw0065pybw0065pybw

     

    0063w42y

     

     

    0065pybw0065pybw0065pybw0065pybw0065pybw0065pybw

     

     

     

     

    004e91k8

     

     

     

    Muitos parabéns filhote,

    e que este dia seja muito feliz para ti!!!

     

    Muitos, muitos, muitos

    beijinhos para ti.    

     

     

     

     

    00111h63

     

     

     

     

    Domingo, 14 de Outubro de 2007

    Andy Pandy

     

     

     

    Seja bem vindo!!!

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

    Obrigada pela visita!!!

     

     

     

     

    tags:
    Cris às 00:01
    | comentar | favorito

    .Para Você

    Anjinhos
    Animais
    Bublle
    Cutes
    Meninas
    Meninas2
    Meninos
    Natal
    Bonecas
    Bonecas Palito
    Selos
    Barrinhas
    Mini barrinhas
    Hello Kitty
    Fadas
    Flores
    Dolls
    Dolls2


    .Blogs Que Visito



    Mariposa




    *andando-e-pensando
    *olha_por_mim
    *Já Cheguei






    .links

    .Créditos



    Clique aqui e tenha acesso  ao Site Tony Gifs & Javas

    Coisinhas e Tal

    O melhor site de GIFs!

    VICKYS.com.br

    *LadyLony*

    Tony Gifs & Javas




    Cantinho dos Miudos



    . Prémios que Ganhei



    *1º Prémio